Poker online

Por Rafael Moraes - 14 de Fevereiro de 2022

Coluna do Rafa Moraes para o Blog GamersCard

E aí pessoal! Rafael Moraes aqui com mais uma coluna no blog da GamersCard! E, dessa vez, resolvi falar um pouco sobre a minha carreira. 

Desde que eu tenho 18 anos, passei a jogar poker profissionalmente. Só que com o tempo, começou a nascer em mim um interesse grande pelo mundo corporativo. Apenas jogar e ensinar não era mais o suficiente, e eu queria me envolver mais nas engrenagens que fazem o mercado do poker girar.

Aos poucos, além de jogador e instrutor de poker, fui virando também empresário. Primeiro, dentro do meu esporte mesmo, como sócio do 4bet, o maior time de poker do mundo. Depois, quebrando as barreiras do poker, virei também sócio de empresas de áreas diversas, incluindo a FURIA, uma das principais organizações de e-Sports do país e que cada vez mais cresce e se destaca nesse universo.

LEIA MAIS: ONDE VOCÊ PODE APRENDER POKER?

Hoje, essa é uma parte muito importante da minha carreira. Mesmo que jogar poker e gerir uma empresa sejam coisas bem diferentes, existem diversas semelhanças. Hoje, quero falar um pouco sobre isso: como o poker pode te ajudar nos negócios?

Jogar poker é negociar...

Por ser um jogo que envolve rodadas de apostas, você sempre precisa tomar uma decisão já pensando em quais são as possíveis reações do seu oponente, e qual será seu próximo passo de acordo com cada um deles, como em uma negociação. Ao jogar poker, você analisa o retorno que você terá ao pagar uma aposta em uma determinada situação. É exatamente como lidar com um investimento do mundo corporativo, por exemplo.

Nova call to action

...também é avaliar riscos...

Ao jogar poker, você está o tempo todo avaliando riscos. Qual o valor tenho que apostar para que meu adversário fuja dessa mão? Quanto tenho que pagar para ver se meu oponente está blefando? Minha mão é boa o suficiente para ganhar essa rodada? Com o tempo você passa a fazer essas análises quase que automaticamente, o que acaba trazendo muita vantagem quando se depara com uma situação desse tipo no mundo corporativo.

...e ajuda no controle emocional!

Além disso, jogar poker também te ensina a ter equilíbrio emocional para entender que, por ser um jogo que envolve probabilidades, nem sempre quem fez a melhor jogada irá ganhar uma mão. Por isso, é importante mirar no longo prazo e tomar as decisões mais lucrativas. 

Você aprende que resultados imediatos nem sempre significam que as melhores decisões estão sendo tomadas. É preciso ter disciplina e dedicação para entender quais são as decisões corretas, visando o longo prazo, mesmo que em certo momento não pareçam ser, de fato, corretas. Só assim será possível um crescimento estável, seja em na carreira de um jogador de poker ou no mundo corporativo.

E aí, tem mais alguma habilidade que você aprendeu ao jogar poker e que hoje te ajuda na sua vida profissional ou nas relações sociais? Deixa aí nos comentários!

Nova call to action